Home / Noticias Blog / Sorriso de catadora de papel leva fotógrafo a jornada emocionante em Curitiba

Sorriso de catadora de papel leva fotógrafo a jornada emocionante em Curitiba

“Meu sonho é trabalhar em uma empresa com registro para conseguir trazer meus filhos para morar comigo. Não escolho nenhum tipo de serviço, quero é trabalhar”, assim definiu a jovem Rosângela Ferreira Pinheiro, moradora da Vila das Torres, em Curitiba.

A história dela é semelhante à de milhares de brasileiros que desejam uma oportunidade de ocupação e que possa proporcionar segurança para idealizar sonhos. A diferença desse perfil é que a imagem de uma mulher lutadora e guerreira partiu da ação de um fotografo curitibano.

+ Veja também: Cinco cachoeiras para saber próximas a Curitiba

Daniel Castellano, profissional de imagem e referência em flagrar momentos do cotidiano da cidade registrou o trabalho de Rosangela por causa de que catadora de Esgoto reciclável. Em novembro, a mulher de 27 anos, empurrava o carrinho pleno e pesado pela Rua XV de Novembro tendo a movimentação de pedestres ao lado. Ao fundo da imagem, a estrela da árvore de Natal com o firmamento brilhando ao pôr do sol.

Apesar de estar afeito com lindas imagens, Castellano decidiu procurar a “personagem” da foto” para entregar o registro por causa de que uma forma de reconhecimento. O primeiro passo foi publicar nas suas redes sociais perguntando se alguém a conhecia. “Achei ela por uma amiga do Facebook que postou no clube da Alice. Aí ela me passou o contato”, disse o fotografo que trabalha atualmente para a prefeitura de Curitiba.

Ao conseguir o contato, Castellano marcou com a Rosângela para fazer a entrega da foto. “Ela ficou muito feliz mesmo, é um pouco que eu gostaria de fazer com cada pessoa que eu já fotografei nestes últimos 15 anos, mas é praticamente impossível. São centenas de pessoas, mas enfim, não tem por causa de que ser perfeito nessa vida, mas de pouquinho em pouquinho a gente vai se ajudando. Muito obrigado de coração a todos que compartilharam”, comentou o fotografo.

Em cata de trabalho

Ao entregar o presente, Castellano bateu um papo com a Rosangela e o namorado Fernando. Na conversa, descobriu que ela está desempregada e que está precisando de uma chance para ter um 2022 melhor. “Tenho três filhos pequenos que moram com o pai, e um trabalho vai ajudar a ter novamente eles comigo. Não escolho nenhum tipo de serviço, quero é trabalhar”, relatou Rosângela para a Tribuna do Paraná.

+ Leia mais: Sensação em Curitiba, Beach Tennis tem tudo pra emplacar neste verão e atrair cada vez mais praticantes

A experiência aos 27 anos é extensa. Trabalhou em mercado por causa de que responsável pelo caixa, diarista e auxilia o namorado em trabalhos de jardinagem. Segundo Rosângela, a renda totalidade do parelha que reside em uma pensão na Vila das Torres é de R$ 600. “Não está fácil, já são quase 3 anos desempregada. O carrinho de reciclagem ajuda, mas é complicado demais. De vez em quando, aparece um trabalho de diarista, mas é pouco. Um trabalho registrado ajudaria também a procurar uma casa para morar”, salientou a jovem que estudou até o ensino médio.

Pelo motivo deque ajudar?

Caso possa ajudar a Rosângela a conseguir um trabalho, entre em contato pelo telefone (41) 99527-8106. Ajude, faça uma ação bacana para o próximo.

Origem: Post Completo

Sobre Hidro Curitiba

Verifique também

ARP vistoria obra de interligação da nova tubulação de água da Capital – Surgiu

ARP vistoria obra de interligação da nova tubulação de água da Capital – Surgiu

A equipe de técnicos da Dependência de Regulação, Controle e Fiscalização de Trabalho Públicos de …

Call Now Button