Home / Noticias Blog / Pescadores encontram possível corpo de jovem desaparecido há 3 dias em Curitiba

Pescadores encontram possível corpo de jovem desaparecido há 3 dias em Curitiba

Pescadores encontraram o corpo de criatura dentro de um carro Fiat Uno incendiado no macróbio Aterro do Caximba, zona sul de Curitiba. Há possibilidades de que seja o jovem Everton Kula Ferreira, de 23 anos, sumido e procurado pela Polícia Social há três dias. A possibilidade foi levantada pela Polícia Militar (PM) já que, no zona, foi confirmado que o veículo é de Ferreira. Porém, exclusivamente exames poderão confirmar a identidade. O caso aconteceu no término da manhã deste sábado (16).

 

A PM isolou o zona e conversou com familiares de Ferreira. Foto: Marcelo Borges/Margem B

 

Um dos pescadores mencionou à Margem B que foi pescar próximo do aterro, quando se deparou com o Fiat Uno derribado em uma ribanceira na região. “Nós paramos para olhar e vimos o corpo no banco de trás. Você passa pela estrada e já vê o carro. É uma cena poderoso”, contou.

 

O Fiat Uno encontrado pelo pescador. Foto: Colaboração

 

Posteriormente se depararem com o veículo, os pescadores começaram a compartilhar o invento em grupos de whatsapp. A mensagem continuou sendo repassada até que teria chego ao irmão deste provável rapaz. “Nós não o conhecemos. A gente não conseguiu identificar a placa do veículo”, completou o pescador que não será identificado.

O jovem

De congraçamento com a polícia, Ferreira é um funcionário do SEASA. As últimas informações da família sobre o jovem, é que, por volta das 9h da última quarta-feira (13), ele foi visto pela última vez saindo do trabalho. Alguma coisa que faria normalmente.

 

Foto: Divulgação/Polícia Social

 

A família foi até o zona e afirmou que Ferreira não tem nenhum envolvimento com drogas ou confusões com outras pessoas. Eles suspeitam que o jovem tenha sido assaltado. O rapaz é casado e mora no Tatuquara.

“A nossa grelha e até o amassado que estava no carro confirmam que é o nosso carro. Eu o vi pela última vez às 4h daquela quarta-feira. Ele estava indo trabalhar. Desde naquele momento, fizemos várias ligações e o celular está desligado”, comentou a mulher.

 

Foto: Reprodução/Divulgação

 

Exames de DNA feitos pelo Instituto Médico Legítimo (IML) vão poder identificar se o corpo invento é o do jovem sumido. A Ramificação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) segue investigando o caso.

Vídeo

Veja o registro feito pelo repórter Marcelo Borges no zona.

Baseado: Post Completo

Sobre Hidro Curitiba

Verifique também

Limpando uma pia entupida

Sinais que é hora de substituir o aquecedor de água

Não importa o horário! Basta vincular ou enviar um Whatsapp e logo o seu problema …

Call Now Button