Home / Noticias Blog / Ministério da Economia licita Táxigov para servidores federais de Curitiba

Ministério da Economia licita Táxigov para servidores federais de Curitiba

Cooperativas de táxi, apps de transporte ou locadoras de veículos podem participar da licitação

Cooperativas de táxi, apps de transporte ou locadoras de veículos podem participar da licitação| Foto: Aniele Promanação/Publicação do Povo

Está ocasião a licitação para o Táxigov do governo federalista em Curitiba. O Ministério da Economia procura empresa de transporte (cooperativa de táxi, aplicativo de transporte de passageiros ou locadora de veículos) para assumir a responsabilidade pelos deslocamentos de trabalho dos tapume de 20 milénio servidores públicos de 19 órgãos federais com atuação na Região Metropolitana de Curitiba. A licitação é pelo menor valor para o quilômetro rodado, com uma expectativa de contratação de tapume de 700 milénio km anuais a um dispêndio estimado de R$ 2,6 milhões.

Cadastre-se e receba as principais notícias do Paraná no celular

Curitiba será a 13ª capital em que o governo federalista
implementará o Táxigov. Com a medida, pretende-se poupar R$ 3,2 milhões –
52,5% do que é gasto, hoje, com veículos oficiais e outros meios de transporte
para os servidores federais destes 19 órgãos. “É a transformação do dedo do
transporte administrativo. Estamos fazendo, na governo pública, o que o
cidadão já fez em seu cotidiano. Trocar um conjunto de ativos, já que carro,
motorista, combustível e reembolsar pelo quilômetro rodado”, explicou o secretário de
gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert, citando que, nas 12
cidades implementadas, o serviço já gerou economia de R$ 28,3 milhões aos
cofres públicos.

Apesar de a economia de R$ 3,2 milhões prevista ter
pouquíssimo impacto sobre o orçamento federalista, Keckert lembra que os recursos economizados
ficarão com os órgãos que aderirem ao novo sistema, podendo ser utilizados em
novos investimentos. “A parcela discricionária do orçamento está cada vez mais
achatada, diminuindo ano a ano. Temos, hoje, R$ 96 bilhões de reais, todo o
custeio e todo o investimento dos órgãos, dos quais, R$ 46 bilhões são custeio
administrativo, despesas para manter o órgão funcionando. Esses recursos
concorrem diretamente com o investimento. Cada real do custeio que é
economizado é um novo real para investimentos, de modo que, no orçamento dos órgãos,
uma economia de mais de 50% com transporte pode sim ser significativa”, disse.

O edital foi publicado na última segunda-feira (29) e a licitação está prevista para o dia 13 de abril. O governo do Paraná já dispõe do serviço de Táxigov para os servidores estaduais.

Origem: Post Completo

Sobre Hidro Curitiba

Verifique também

Bienal Internacional de Curitiba ganha edição online

Bienal Internacional de Curitiba ganha edição online

sexta-feira, 09/04/2021, 11h47 CBN Foto: Divulgação/Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba Devido à pandemia, …

Call Now Button