Maníaco do Sandero troca de carro e aborda nova vítima em Curitiba

Maníaco do Sandero troca de carro e aborda nova vítima em Curitiba

[ad_1]

Depois que a RIC Record TV divulgou a imagem de um homem que está atacando jovens em Curitiba – que ficou conhecido como Maníaco do Sandero porque usava o veículo para perseguir as vítimas – uma mulher entrou em contato com a produção e afirmou ter sido abordada pelo suspeito nesta quinta-feira (2).

Segundo um novo relato, ele trocou de carro e usou um Fiat Mobi, prata, para abordar uma jovem no bairro Santa Cândida, por volta das 7h30 da manhã.

Fiat Mobi, prata, no bairro Santa Cândida

Câmeras de segurança registram o momento em que ele passa pela rua e desacelera o veículo para observar a mulher que caminha sozinha. Na sequência, ele faz a volta, passa novamente ao lado da vítima e o carro some. Conforme a jovem, o suspeito estava esperando por ela na próxima esquina. “Eu pensei que ele tivesse ido embora, só que na rua da rotatória, na próxima esquina, ele tava parado, me esperando”.

maniaco-do-sandero-troca-decarro-e-aborda-nova-vitimas-em-curitiba
O Fiat Mobi foi filmado por câmeras de segurança da região. (Foto: Reprodução/Câmera de segurança)

Ele parou o carro e fez um modo de chamar né, só que eu não olhei. Eu já havia percebido este carro, já tinha olhada para mim, só que eu não demonstrei que estava olhando, e eu desviei e comecei a andar mais rápido”, explicou ainda a vítima.

A mulher foi salva porque quando percebeu que estava sendo observada mandou mensagem para o irmão que logo foi encontrá-la. “Eu fui pedir socorro em volta das casas ali, mas ninguém me atendeu nas campainhas, mas meu irmão foi muito rápido e foi logo me buscar”.

“Foi muito rápido mesmo, mas deu pra ver o rosto, é parecido com a imagem divulgada, um pouco mais magro, um olhar assim, é um olhar de uma pessoa com ódio, de um maníaco. Pela imagem vendo ele, é a mesma pessoa que tá todo mundo falando, ele tem um olho meio caído, mas fica bem arregalado, ele faz uns gestos que, aparentemente, parece que ele tá transtornado, drogado, sei lá, completamente assustador”, finalizou ela.

Ataques relatados anteriormente

Sandero prata no bairro Jardim Social (19 de dezembro)

A primeira vítima registrada do suspeito, e a única que foi estuprada, foi cercada por ele em uma rua sem saída no bairro Jardim Social, no dia 19 de dezembro. Na ocasião, a jovem de 18 anos saia de casa quando foi cercada por um homem que estava em um veículo Renault Sandero, prata. Ele desceu do carro armado com um revólver e uma faca e obrigou a vítima a entrar no veículo.

À polícia, a garota contou que foi ficou no carro por cerca de meia-hora, tempo no qual foi abusada sexualmente. Foi ela quem ajudou o Instituto de Identificação a fazer o retrato falado do estuprador.

maniaco-do-sandero-troca-decarro-e-aborda-nova-vitimas-em-curitiba
CÂMERAS DE SEGURANÇA REGISTRAM A AÇÃO DO ESTUPRADOR. (FOTO: REPRODUÇÃO)
Sandero prata no bairro São Lourenço (23/11/2019)

No dia 23 de dezembro, uma jovem de 20 anos andava por uma rua do bairro São Lourenço quando foi abordada por um homem que também dirigia um Renault Sandero, prata. Percebendo o perigo, a garota pediu socorro para a mãe por telefone e conseguiu escapar porque a mulher correu para encontrar a filha.

“Quando ela tava descendo do outro lado da rua, ele abordou ela de frente, entrou na frente dela com o Sandero, e ela percebeu e atravessou a rua. E nisso, ela já tava com o dedo no telefone, me pedindo pra eu ir lá. Daí, ela só fez o sinal de empurrar, com a mão, gritou e eu nisso já estava saindo da minha casa gritando e correndo como uma louca. Ele calmamente entrou no carro como se não fosse com ele e saiu de ré”, contou a mãe, que preferiu não se identificar.

maniaco-do-sandero-troca-decarro-e-aborda-nova-vitimas-em-curitiba
MAIS UMA VEZ A AÇÃO DO SUSPEITO FORAM FLAGRADAS POR UMA CÂMERA DE SEGURANÇA. (FOTO: REPRODUÇÃO)

Na ocasião, uma testemunha que viu a fuga da menina e a chegada da mãe, anotou a placa do Sandero. O veículo está registrado na cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul, mas a polícia não informou se a placa é ‘quente ou fria’.

De acordo com a mãe, alguns dias antes da tentativa de estupro, o suspeito já havia tentado invadir a residência onde a família vive.“Ele pulou a casa do meu irmão aqui do lado e ele, achando que eu não estava em casa porque o carro não tava ali, ele entrou. Só que o cachorro dele (do irmão) e o meu começaram a latir muito diferente, daí, ele (irmão) saiu pra fora pra olhar o que estava acontecendo e deu de cara com o rapaz. E o rapaz  falou ‘não é nada com você’ e foi embora. E ele entrou pegar um facão e correr atrás do rapaz e viu ele fugindo”, explicou.

Em primeiro momento, a mulher acreditou que se tratava de uma tentativa de roubo, mas depois de ver as imagens da ação do suspeito no Jardim Social e do que aconteceu com sua filha, alguns dias depois, ela percebeu que o verdadeiro alvo é a garota. Ainda conforme a mãe, um dia depois da tentativa de abordagem a filha, o homem voltou a passar pela rua. “No dia 24, ele voltou a passar por aqui, a gente só reparou que tava com as janelas abertas, normalmente, como se não fosse com ele”.

O que diz a Delegacia da Mulher

A Delegacia da Mulher de Curitiba não confirmou se a mulher do São Lourenço reconheceu o homem do retrato falado como o suspeito que a atacou.

Qualquer informação que possa ajudar na identificação do suspeito ou no seu paradeiro pode ser repassada, de forma anônima, para a Delegacia da Mulher pelo telefone 41. 3219-8600.

*Com informações de William Bittar, da RIC Record TV

Notícias relacionadas



[ad_2]
Source link

Compartilhar esta postagem

Call Now Button
%d blogueiros gostam disto: