Home / Noticias Blog / Mãe que passou por cesárea enquanto estava entubada com Covid-19 morre em Curitiba: ‘Esse vírus destrói famílias’, diz cunhada | Paraná

Mãe que passou por cesárea enquanto estava entubada com Covid-19 morre em Curitiba: ‘Esse vírus destrói famílias’, diz cunhada | Paraná

Catarina Vitória da Silva nasceu com pouco mais de sete meses de prenhez. Daiana havia revelado a Covid-19 no dia 1º de dezembro e foi internada no dia seguinte, pois o estado de saúde se agravou rapidamente.

Conforme a cunhada da vítima, Tatiane da Silva Lima, a família esperava que Daiana melhorasse depois o parto, mas o pulmão dela não reagiu aos procedimentos médicos. A vítima não tinha nenhuma comorbidade.

“Daiana foi muito valente, ela não conseguiu salvar a própria vida, mas salvou a vida da Catarina. Ela lutou muito e Catarina foi a sementinha que ficou”, disse.

A bebê continua internada na UTI neonatal, mas não faz uso de medicamentos e nem de aparelhos. A família aguarda ela lucrar peso para ir para casa, o que deve ocorrer dentro de duas semanas.

Catarina está se recuperando na UTI neonatal e deve ir para casa nas próximas semanas, em Colombo — Foto: Registro pessoal

O enterro ocorreu neste domingo (27), em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, e contou com várias homenagens de amigos e familiares.

Catarina é a primeira filha de Daiana com o marido Helton da Silva. A vítima também deixou uma filha menor de 11 anos de outro relacionamento.

“Esse vírus mata, esse vírus destrói famílias. Se cuidem! Se você está pejada, não saia, não é necessário ir em feira ou em shopping. Reserve a sua vida e de quem você nutriz”, disse a cunhada.

Na era do parto, o marido da vítima disse à RPC que, em alguns momentos, deixou de confiar no risco da Covid-19 e pediu para as pessoas levarem a doença a sério.

Tatiane é mana de Helton, marido de Daiana, e madrinha de Catarina. Ela contou que fará de tudo para ajudar a gerar a moçoila ao lado do irmão.

Daiana tinha 33 anos e nenhuma comorbidade, segundo a família — Foto: Registro pessoal

Enterro de Daiana ocorreu neste domingo (27), em Piraquara, e contou com várias homenagens — Foto: Registro pessoal

Catarina foi levada para uma UTI neonatal — Foto: Reprodução/RPC

Os médicos resolveram fazer um parto de emergência porque não houve melhora no estado de saúde de Daiana.

A equipe chegou a tentar uma transferência para outro hospital, já que a instituição não possui UTI neonatal, mas não foi provável. A partir daí, vários profissionais do Hospital Santa Cruz foram mobilizados para o parto.

De conformidade com o médico superintendente do Hospital Vita, Osni Silvestre, a cesária foi necessária porque a gravidez comprime parcela do pulmão, fazendo com que o corpo da gestante tenha que se esforçar mais para se restabelecer de uma doença.

Depois o promanação, Catarina foi transferida para UTI neonatal do Hospital Santa Cruz.

Intubada, grávida com Covid-19 passa por cesárea

Intubada, pejada com Covid-19 passa por cesárea

VÍDEOS: Vacina contra a Covid-19

Origem: Post Completo

Sobre Hidro Curitiba

Verifique também

carro movido a água - kit - preço - gasolina - etanol - diesel - gnv - bosh - audi - motor - volkswagen - nissan - hidrogênio

Para aliviar o bolso com as disparadas no preço da gasolina, etanol, diesel e GNV, consumidor recorre ao Kit na internet que promete carro movido a água com valor inicial inferior a R$ 200

Kit carro movido a água por menos de R$ 200 Sege movido a água é …

Call Now Button