Home / Noticias Blog / Londrina joga pela classificação em Curitiba

Londrina joga pela classificação em Curitiba

O Londrina espera voltar de Curitiba classificado para a segunda fase do Campeonato Paranaense. O Tubarão encara o Paraná Clube no domingo (1º), às 18h, na Vila Capanema, e quer finalmente selar a vaga no mata-mata. O jogo é válido pela nona rodada do Estadual.

Classificação esta que o Alviceleste queria ter carimbado na rodada passada, mas o tropeço diante do Rio Branco no estádio do Café impediu. Com 14 pontos, em quinto lugar, o LEC avança com uma vitória na capital. Pode até se classificar com um empate e até mesmo com uma derrota, mas aí dependeria dos demais resultados da rodada.

Matheus Bianqui marcou o gol do LEC na última vitória fora de casa: 1 a 0 sobre o União, em Francisco Beltrão
Matheus Bianqui marcou o gol do LEC na última vitória fora de casa: 1 a 0 sobre o União, em Francisco Beltrão | Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

O jogo é ainda mais decisivo para o Paraná. O Tricolor tem uma campanha bastante irregular no Estadual e vem de derrota para o lanterna Pstc, quando jogou com time misto. Com nove pontos, é o sétimo colocado e, em caso de um resultado negativo, poderá ver a sua classificação para o mata-mata bastante ameaçada.

O time, no entanto, vem embalado pela heroica classificação na Copa do Brasil no meio de semana. Depois de sair perdendo por 2 a 0, a equipe conseguiu virar nos acréscimos para cima do Bahia de Feira de Santana (BA) e avançou à terceira fase da competição nacional, garantindo uma cota de R$ 1,5 milhão.

“Nós também temos a nossa motivação porque estamos próximos dos primeiros colocados e uma vitória pode nos deixar entre os quatro”, frisou o técnico Alemão, em entrevista aos canais oficiais do LEC. “Temos que ter tranquilidade para um jogo como este fora de casa. A nossa característica é de não ficar esperando atrás e estudamos bem o Paraná para podermos explorar as suas deficiências”.

MISTÉRIO CONTINUA

Como tem se tornado frequente em 2020, todos os treinos da semana no Londrina foram fechados e não houve entrevistas coletivas. O técnico Alemão faz mistério mais uma vez na escalação, mas o time terá modificações na capital.

O zagueiro Willian Correia e o volante Pedro Cacho sofreram lesões no joelho e serão submetidos a cirurgia nos próximos dias. O capitão Augusto, que volta de suspensão, entra na zaga ao lado de Lucas Costa. Já para a posição de Cacho, o treinador tem duas opões: Matheus Olavo ou Júlio Rusch.

Quem deve estrear também como titular é o volante Rafael Assis, que entraria no lugar de Anderson Carvalho. Assis já atuou no segundo tempo do empate com o Rio Branco. O lateral-esquerdo Igor Miranda voltou a treinar durante a semana e pode reassumir a sua posição no lugar do garoto Felipe Camillo. Miranda ficou de fora dos últimos três jogos em razão de uma lesão muscular na coxa.

No ataque, a tendência é a manutenção do trio formado por Marcelinho, Júnior Pirambu e Igor Paixão. Ruster Santos, contratado na semana passada, e Miullen, recuperado de lesão, estão à disposição do treinador e devem ficar no banco de reservas.

FORÇA MÁXIMA

Precisando se recuperar de qualquer maneira no Estadual, o Paraná terá força máxima no confronto com o Tubarão. O técnico Alan Aal deve mandar a campo a mesma formação que iniciou o jogo da Copa do Brasil. Revelado no Londrina, o lateral Paulo Henrique reconheceu que o time tem que deixar para trás a competição nacional e voltar as atenções para o Paranaense.

“A Copa do Brasil já passou e temos que focar a cabeça no Estadual. Temos que pontuar nas rodadas finais e precisamos destes três pontos contra o Londrina. Uma vitória vai nos aproximar da classificação e fará o grupo ganhar ainda mais confiança para seguir nesta crescente na temporada”.

Londrina joga pela classificação em Curitiba

EM CURITIBA

Paraná

Marcos; Paulo Henrique, Thales, Fabrício e Juninho; Carlos Dias, Kaio e Michel; Marcelo, Raphael Alemão e Thiago Alves. Técnico: Allan Aal

Londrina

Matheus Albino; Raí Ramos, Lucas Costa, Augusto e Igor Miranda; Rafael Assis, Matheus Olavo (Júlio Rusch) e Matheus Bianqui; Marcelinho, Júnior Pirambu e Igor Paixão. Técnico: Alemão

Árbitro: Leonardo Ferreira Lima

Estádio: Vila Capanema

Horário: 18h

Leia mais sobre o LEC

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?


Fonte: Post Completo

Sobre Hidro Curitiba

Verifique também

carro movido a água - kit - preço - gasolina - etanol - diesel - gnv - bosh - audi - motor - volkswagen - nissan - hidrogênio

Para aliviar o bolso com as disparadas no preço da gasolina, etanol, diesel e GNV, consumidor recorre ao Kit na internet que promete carro movido a água com valor inicial inferior a R$ 200

Kit carro movido a água por menos de R$ 200 Sege movido a água é …

Call Now Button