Home / Noticias Blog / Fiscalização fecha festa clandestina com 170 pessoas em bairro de Curitiba

Fiscalização fecha festa clandestina com 170 pessoas em bairro de Curitiba

Uma sarau clandestina, com a participação de aproximadamente 170 pessoas, em uma granja no bairro Ganchinho, foi encerrada neste domingo (28/2) pela força-tarefa de fiscalização anticovid-19, formada por equipes da Prefeitura e do Governo do Estado.

O área foi um dos nove vistoriados no domingo que também teve ações nos bairros Barreirinha, Santa Cândida, Bairro Elevado, Cajuru, Xaxim, Elevado Boqueirão, site Sitiado e Ganchinho. Um bar e bilhar no Xaxim foi outro estabelecimento interditado e multado.

(Foto: Divulgação SMCS)

Denúncia

A vistoria na sarau aconteceu no interesse da tarde, em seguida denúncia da população, e resultou em 12 autos de infração lavrados para dois organizadores do evento e que somados chegam a R$ 303.300 milénio.

Foram constatadas as irregularidades de promoção de evento de volume, atividade de bar, consumo de narguilé e descumprimento da obrigação do uso de máscara.

Outro área interditado foi um bar e bilhar no Xaxim que também recebeu auto de infração no valor de RRRR$10 milénio por desenvolver atividade suspensa no período.

Bandeira laranja

Curitiba está sob as regras da bandeira laranja (risco médio de alerta para a covid-19). As penalidades foram aplicadas em decorrência do desrespeito ao Decreto 400/2021 e descumprimento a Lei 15799/2021. O decreto restringe atividades e técnico não essenciais e proíbe a circulação de pessoas em vias e espaços públicos das 8h às 5horas da manhã.

A lei estabelece sanções e infrações a pessoas e empresas que descumprirem as medidas restritivas para o enfrentamento da covid-19 e das medidas restritivas dos decretos nº 380 e 400, publicados na última semana.

Intento de semana
No interesse de semana, 36 estabelecimentos foram fiscalizados, oito foram interditados e 20 autos de infração foram lavrados, somando R$ 823.850 milénio em multas.

No sábado, as equipes vistoriaram 18 locais em 13 bairros e que resultaram na interdição de três estabelecimentos e em três autos de infração no valor totalidade de R$ 370 milénio em multas.

Na sexta-feira, a força-tarefa vistoriou nove estabelecimentos, paralisou as atividades em três espaços e lavrou quatro autos de infração que somados chegam a chegam a R$ 120 milénio em multas.

Outrossim, equipes da Guarda Municipal precisaram intervir em outras duas situações de aglomerações de centenas de pessoas.

Desde o início da vigência da Lei 15.799/2021, em 5 de janeiro, foram vistoriados 478 estabelecimentos durante Aifus dos quais 181 tiveram as atividades paralisadas e 287 autos de infração foram lavrados somando R$ 3.878.390,00 em multas.

Origem: Post Completo

Sobre Hidro Curitiba

Verifique também

Bienal Internacional de Curitiba ganha edição online

Bienal Internacional de Curitiba ganha edição online

sexta-feira, 09/04/2021, 11h47 CBN Foto: Divulgação/Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba Devido à pandemia, …

Call Now Button