Home / Noticias Blog / Curitiba dá muito trabalho, mas Sesc-Flamengo vence de virada na Superliga de vôlei | vôlei

Curitiba dá muito trabalho, mas Sesc-Flamengo vence de virada na Superliga de vôlei | vôlei

O poder de investimento é bastante dissemelhante, mas o que se viu em quadra foi muito estabilidade entre Sesc-Flamengo e Curitiba. A equipe paranaense deu um show de eficiência na resguardo e de lucidez tática, mas mesmo assim não conseguiu vencer o predilecto time carioca. De viradela, a equipe de Bernardinho ganhou por três sets a dois (17/25, 25/16, 21/25, 25/22, 15/6).

Melhores momentos: Curitiba 2 x 3 Sesc-Flamengo, pela Superliga Feminina de Vôlei

Melhores momentos: Curitiba 2 x 3 Sesc-Flamengo, pela Superliga Feminina de Vôlei

O jogo desta terça-feira é válido pela quarta rodada da competição e foi diferido por motivo da pandemia do coronavírus. Várias atletas da equipe carioca estavam doentes na data em que seria o duelo. Com a vitória, o Sesc-Flamengo sobe na tábua e continua sua tentativa de recuperação. Para o Curitiba, a guia por 3 a 2 garantiu um valedoiro ponto, que pode fazer diferença na recontro por uma vaga nas quartas de final da Superliga Feminina.

Milena foi o principal nome do jogo. A ponteira do Curitiba foi muito do início ao quarto set. No quinto, parou em razão de todo o time. Com 19 pontos, ela ajudou muito a equipe da casa. Pelo lado do Sesc-Flamengo, Lorenne foi muito, com 18 pontos. Mas foi o bloqueio o fundamento em que o time carioca brilhou. Foram 17 pontos, sendo que Valquíria fez 7 deles. Decisiva a meio de rede.

Com a vitória, o Sesc-Flamengo sobe para quinto lugar na tábua de classificação com 14 pontos. O Curitiba segue em sétimo, com sete pontos.

O Sesc-Flamengo volta à quadra na próxima sexta-feira, contra São José dos Pinhais. O jogo será às 19h (de Brasília). O Curitiba enfrenta, no sábado, às 17h, o Fluminense

Logo de rosto, o Curitiba mostrou que não ia dar tenro para o Sesc-Rio. Em bloqueio de Milena em Ana Cristina, o time da casa abriu 4 a 0. Milena e Ivna brilharam muito na parcial e comandaram o ataque. Bernardinho pediu tempo duas vezes, mas não conseguiu esfriar o elevado ritmo do oponente, que fechou em 25 a 17.

Bernardinho mudou o time para o segundo set. Lorenne e Fabíola entraram nos lugares de Gabiru e Juma. Ana Cristina, de modo que, foi deslocada para a ponta. Lorenne entrou muito muito e o bloqueio ficou mais elevado, dificultando o ataque de Curitiba. A mudança fez efeito e o Sesc-Flamengo abriu rapidamente 6 a 2. O time da casa ainda conseguia alguns contra-ataques, mas já não tinha forças para segurar o ataque carioca. Ana Cristina, o nome da parcial, fechou o set em um ataque: 25 a 16.

O Curitiba se ajustou melhor para o terceiro set. Já viciado com a novidade formação carioca, a equipe da casa continuou defendendo muito e voltou a encontrar soluções no ataque, principalmente com Ivna e Lays. Em um ponto da oposta, a vantagem ficou em três pontos (12 a 9), que chegou a ser seis, no 21 a 15. Mas o Sesc-Flamengo reagiu e deu emoção ao final do set. Mas Milena teve sangue indiferente para explorar o bloqueio e fazer 25 a 22.

O quarto set começou em razão de o mais equilibrado da partida. Ponto a ponto, os times não deixavam o rival furar. O Sesc-Flamengo conseguiu furar três, no 17 a 14, mas logo o Curitiba empatou. Na reta final, o time carioca impôs sua experiência. Em globo de xeque, Juciely fechou a parcial em 25 a 21.

Entusiasmado, o Sesc-Flamengo começou o set decisivo com tudo. Principalmente Amanda, que fez dois pontos seguidos e ajudou a furar 7 a 2 no placar. O Curitiba perdeu a calma e passou a errar demais. Em ataque de Juciely, o time carioca fechou em 15 a 6.

Baseado: Post Completo

Sobre Hidro Curitiba

Verifique também

Dicas para gerenciamento de limpeza de construção e entulho

Dicas para escolher os melhores serviços de encanamento 24 horas

Canudo entupido: razões para contratar uma Desentupidora Curitiba especializada porque a Desentupidora Curitiba Hidro Curitiba …

Call Now Button