Home / Noticias Blog / Cobrança de tarifa mínima de água no Paraná pode acabar em 2022

Cobrança de tarifa mínima de água no Paraná pode acabar em 2022

O interesse da cobrança da tarifa mínima de água e esgoto da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) pode ocorrer em 2022. O valor atual cobrado é de R$ 43,11 por unidade consumidora com o justo. de uso de cinco metros cúbicos. O debate sobre a permanência da taxa já está ocorrendo em audiências públicas, mas também não se descarta um verosímil reajuste tarifário para o próximo ciclo com validade até 2024.

O tema não é novo, mas voltou a ser questionado com maior intensidade nos últimos meses devido à premência, mais do que nunca, do uso consciente da água. Com a crise hídrica que ainda afeta todo o país devido ao volume plebeu nos reservatórios, o rodízio no fornecimento se tornou frequente e necessário nas residências. Ou por outra, o dispêndio mensal cobrado na fatura virou motivo de discussão, pois algumas pessoas não utilizaram o mínimo de litros necessário de cinco metros cúbicos, ou seja, 5 milénio litros, e foram obrigadas a estar pagando o mesmo valor de quem atingiu esse volume. Ou seja, deixando de incentivar a economia e consumo consciente.

+Viu essa? Mãe e filhote de onça-pintada matam 172 flamingos do Parque das Aves, em Foz

Outra questão que se discute é a empregabilidade do dinheiro recebido por essa taxa pela Sanepar, empresa responsável pelo fornecimento de água no Paraná. De combinação com a empresa, a receita proveniente da tarifa mínima mantém técnico de água e de esgoto e obras de ampliação dos sistemas, além do programa Tarifa Social, que beneficia 210 milénio famílias no estado. No balanço de resultados realizado em agosto, a Sanepar registrou altíssima de 16,7% no lucro do segundo trimestre de 2021 em relação ao mesmo período do ano derradeiro para R$ 331 milhões. Já a receita líquida subiu 10,7%, indo a R$ 1,2 bilhão.

Existência de uma tarifa mínima não estimula população a economizar água.
Existência de uma tarifa mínima não estimula população a forrar água. Foto: Registo Tribuna do Paraná.

Vale lembrar que em 2017 a Sanepar alterou o sistema da cobrança da tarifa mínima. Antes, a taxa permitia o consumo de 10 metros cúbicos e passou a ser de cinco metros cúbicos de água. Em junho daquele ano, o preço era de R$ 32,90. Quatro anos depois, o valor é de R$ 43,11, ou seja, aumento de 31,03% no bolso de cada família.

LEIA TAMBÉM:

>> Polícia Social promete vergar atendimentos presenciais para confecção de RG em Curitiba

>> Tão esperada ponte de Guaratuba vai demorar quanto tempo? Entenda!

Intenção da tarifa?

A batida do martelo sobre esta questão só ocorrerá em 2022. De combinação com a assessoria de prensa da Sucursal Reguladora de Técnico Públicos Delegados do Paraná (Agepar), estudos estão sendo realizados para se definir sobre a permanência ou exclusão da taxa no próximo reajuste tarifário que terá validade até 2024.

“Nós temos ciclos tarifários que precisam ser analisados. Nós homologamos o reajuste, o que está previsto em contrato, e não definimos valores. Estamos agora com uma consulta pública ocasião e depois disso vira subsídios para uma audiência pública. Aí se estabelece regras para que se ligeiro em consideração possíveis ajustes, e, no caso da taxa mínima, imagino que deve estar incluído na revisão periódica que está ainda em processo”, relatou a assessoria.

>> Sorteio Nota Paraná: Ganhador de Curitiba fatura R$ 1 milhão. Veja o bilhete

No dia 18 de outubro, o deputado estadual Soldado Fruet (PROS) pediu a extinção imediata da cobrança da tarifa mínima de água e esgoto e propôs que a empresa cobre só os valores efetivamente utilizados. “A Sanepar faz campanha para forrar e o cidadão que faz a parcela dele precisa ser beneficiado. Tem pessoas que ficam com o imóvel fechado e precisam estar pagando a taxa igual ao vizinho que usa a água para lavar tudo e paga a mesma coisa? Isso não é justo. Temos que promover um debate sobre isso para que se faça justiça. Eu só quero estar pagando o que gastei e acho isso correto. Espero o bom tino de todos”, disse o deputado em entrevista à Tribuna do Paraná.

>> Polícia Social promete vergar atendimentos presenciais para confecção de RG em Curitiba

Web Stories

Origem: Post Completo

Sobre Hidro Curitiba

Verifique também

carro movido a água - kit - preço - gasolina - etanol - diesel - gnv - bosh - audi - motor - volkswagen - nissan - hidrogênio

Para aliviar o bolso com as disparadas no preço da gasolina, etanol, diesel e GNV, consumidor recorre ao Kit na internet que promete carro movido a água com valor inicial inferior a R$ 200

Kit carro movido a água por menos de R$ 200 Sege movido a água é …

Call Now Button