Campanha do Agasalho tem 100 pontos de coleta em Curitiba

Campanha do Agasalho tem 100 pontos de coleta em Curitiba

[ad_1]

Foi lançada nesta terça-feira (16) a Campanha do Agasalho 2020 da Prefeitura de Curitiba. Com o slogan Abrace à Distância, a campanha lembra que mesmo em período de isolamento social é possível manter o espírito de solidariedade e doar agasalhos, calçados, cobertores, tudo em bom estado para que outras pessoas possam usar.
A maior necessidade da campanha é por roupas masculinas, principalmente para atender a população em situação de rua.Serão pelo menos 100 pontos de coleta espalhados pela cidade, como prédios públicos em funcionamento, empresas parcerias e igrejas.

Entre os parceiros da campanha estão os supermercados Condor, Festval e Rio Verde, Mr. Hoopy, Rede Massa, Studio Corpo Livre, Igreja Evangélica Livre do Boa Vista, Farmais Cidade Industrial, Snowman Labs, postos de combustíveis filiados ao Sindicombustíveis, Igrejas Adventistas e Lojas Havan.
Outras campanhas de arrecadação de agasalhos também estão em andamento. Prefeituras da região também desenvolvem as suas campanhas. O Sesc e parceiros desenvolve a campanha desde maio.

Em São José dos Pinhais, mais de 300 pessoas, entre crianças e idosos, serão aquecidas com as doações de agasalhos e cobertores realizadas pelo Shopping São José. Durante 10 dias de campanha, foram arrecadados mais de 800 itens que após passarem por avaliação e separação serão destinados para casas de acolhimento infantil e casas de longa permanência.

Quase um terço das doações acaba inutilizada por serem peças inservíveis

A Campanha do Agasalho de 2019 arrecadou no seu primeiro mês cerca de 57 mil peças de agasalhos, calçados, roupas de cama e cobertores para serem doados a pessoas que são atendidas pela Fundação de Ação Social (FAS). Mas ainda é preciso melhorar a qualidade das peças. Porém, um dado chamou a atenção.

Das doações que chegaram ao Disque Solidariedade, serviço da FAS que faz a coleta, a separação e a distribuição das peças, 17 mil (31%) foram consideradas inservíveis e não puderam ser encaminhadas para quem tanto precisa. Eram roupas rasgadas, manchadas e sujas. Os calçados não podem ser usados por estarem furados, sem sola ou até mesmo porque o doador encaminhou apenas uma unidade do par.



[ad_2]
Fonte: Post Completo

Compartilhar esta postagem

Call Now Button
%d blogueiros gostam disto: